You are here

Sistema automatico de deteção de incêndio

O sistema automático de deteção de incêndio foi concebido para avisar os ocupantes de uma propriedade da deflagração de um incêndio na mesma, de forma a evitar a sua propagação e salvaguardar a segurança dos ocupantes, bem como impedir a potencial perda de bens materiais.

sistema automático de deteção de incêndio

Este tipo de sistema geralmente recorre a detetores de fumaça ou calor para detetar o incêndio e alertar os ocupantes, bem como os bombeiros. Porém, mesmo assim, podem ser também incluídos no sistema pontos manuais que permitem a um ocupante que descubra o fogo aumentar o nível do alarme.

Os alarmes residenciais de incêndios de uma única estação, como instalados na maior parte das residências, são o sistema mais simples de detetar um fogo e de avisar as pessoas que vivem ou que estejam dentro das mesmas.

O tempo entre a deflagração do fogo e o começo do combate ao mesmo é o factor mais importante no controle do incêndio e pode efetivamente ser reduzido através de um sistema automático de deteção de incêndio que seja monitorizado diretamente por uma central de monitoramento.

Os alarmes de incêncio devem ser ouvidos por todos os ocupantes de um edifício, independentemente do local onde se encontram no mesmo. Para conseguir isso, eles estão muitas vezes ligados a outros sistemas de comunicação, de forma a potenciar os seus efeitos.

Por vezes, o sistema automático de deteção de incêndio fecha as portas concebidas para controlar fogos, opera luzes de sinalização de incêndio, para sistemas de ar condicionado ou alerta os responsáveis pelo sistema com alertas através de dispositivos eletrónicos.

Atualmente, estes sistemas dependem significativamente da tecnologia para funcionarem de forma adequada, porém, são sistemas muito inteligentes que indicam onde o fogo está, determinam se o fogo é realmente proveniente de uma ameaça e alertam o gestor do mesmo quando o sistema carecer de uma operação de limpeza e manutenção.

Deixar uma resposta

Top